• Administrador

Jesus, Deus que cura

Atualizado: Mar 26

Jesus provou que era Deus de várias formas. Uma delas por meio dos milagres e curas que realizou.


Por Isaac Melo

Estamos na série de mensagens “Jesus”. Na última semana, falamos sobre o amor incondicional de Jesus. Hoje vamos falar sobre “Jesus, Deus que cura”. Jesus provou que era Deus de várias formas. Uma delas por meio dos milagres e curas que realizou. Ninguém que veio até Jesus com fé, querendo ser curado, saiu sem ter sido totalmente restaurado. Isso diz muito sobre o poder de Jesus. O texto de Atos 10.38 mostra bem a fama que Jesus obteve, enquanto estava aqui na Terra: “como Deus ungiu Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e poder, e como ele andou por toda parte fazendo o bem e curando todos os oprimidos pelo Diabo, porque Deus estava com ele.” Atos 10:38 Em Mateus, mostra que todos que eram trazidos a ele recebiam imediatamente a cura. “Ao anoitecer foram trazidos a ele muitos endemoninhados, e ele expulsou os espíritos com uma palavra e curou todos os doentes. E assim se cumpriu o que fora dito pelo profeta Isaías: “Ele tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas doenças”.” Mateus 8:16-17 O texto de Mateus cita Isaias 53, uma das profecias do Velho Testamento mais detalhadas sobre a pessoa e a obra de Jesus. Nela, o profeta, deixa claro que o propósito de Jesus vir ao mundo era para também nos trazer cura das doenças. E é certo que no Céu não haverá morte, nem dor e nem doença (Ap 21.4). Lá tudo isso será aniquilado para sempre. E Jesus foi aquele que veio justamente para inaugurar o Reino do Céus na Terra. Então, é natural que curas e milagres façam parte da vida daqueles que são cidadãos dos céus. Uma vez que temos essa certeza, de que Jesus veio ao mundo também para nos curar das enfermidades, podemos pedir a ele cura das doenças que nos afligem. Pois o mesmo Jesus que curou todos que vieram a ele, também disse que eu seu nome teríamos autoridade sobre as doenças, como ele fez com os seus discípulos (Lc 9.1). Essa autoridade que temos pelo nome de Jesus, está bem clara na cura do aleijado de nascença descrito em Atos. Pedro apenas declara: “Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, ande” (At 3.6). Embora todo o poder e autoridade esteja em Jesus, através do seu nome, a nossa atitude diante de uma doença, ou outra situação humanamente impossível, é determinante para recebermos a cura, e também para ministrarmos a cura na vida de alguém. Quero destacar duas atitudes essenciais para alguém que deseja ser curado.

Crer (fé)

“Entrando ele em casa, os cegos se aproximaram, e ele lhes perguntou: “Vocês creem que eu sou capaz de fazer isso?” Eles responderam: “Sim, Senhor!” E ele, tocando nos olhos deles, disse: “Que seja feito segundo a fé que vocês têm!” E a visão deles foi restaurada. Então Jesus os advertiu severamente: “Cuidem para que ninguém saiba disso”.” Mateus 9:28-30 Diversas vezes, antes de curar alguém, Jesus perguntava se ele acreditava que Jesus podia curá-lo. E sempre que a resposta era sim a cura acontecia. Ou seja, a fé daquele que busca cura é essencial para que o poder de Deus se manifeste. A fé é tão importante para sermos curados, que a falta dela foi a causa de Jesus ter realizado poucos milagres, quando esteve entre seus parentes: E não realizou muitos milagres ali, por causa da incredulidade deles. (Mt 13.58) Por isso que, no livro de Tiago, somos ensinados a sempre pedirmos a Deus com fé. Caso contrário, não podemos ter a esperança de recebermos nada do Senhor (Tg 1.5-6). Felizmente, a fé é um dom de Deus e Ele dar fé a qualquer um que pedir por ela. Peça a Deus fé, para crer na cura que Ele pode trazer para qualquer doença.


Perseverança

Algumas pessoas foram curados somente porque insistiram, não desistiram e se humilharam diante de Jesus. Veja a história da mulher cananeia: “Saindo daquele lugar, Jesus retirou-se para a região de Tiro e de Sidom. Uma mulher cananeia, natural dali, veio a ele, gritando: “Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim! Minha filha está endemoninhada e está sofrendo muito”. Mas Jesus não lhe respondeu palavra. Então seus discípulos se aproximaram dele e pediram: “Manda-a embora, pois vem gritando atrás de nós”. Ele respondeu: “Eu fui enviado apenas às ovelhas perdidas de Israel”. A mulher veio, adorou-o de joelhos e disse: “Senhor, ajuda-me!” Ele respondeu: “Não é certo tirar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos”. Disse ela, porém: “Sim, Senhor, mas até os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos”. Jesus respondeu: “Mulher, grande é a sua fé! Seja conforme você deseja”. E, naquele mesmo instante, a sua filha foi curada.” Mateus 15:21-28 Vemos que, embora não fosse o plano de Jesus curá-la, a sua fé e a sua insistência fizeram com que o Senhor realizasse o milagre que ela precisava. Não importa quanto tempo faz que você pede por cura, não deixa de clamar. Continue orando ao Senhor, a sua perseverança demonstra para Deus o tamanho da sua fé. Para terminar, queria falar do apóstolo Paulo, que pediu a Deus para ser curado, mas Deus não atendeu seu pedido. “Para impedir que eu me exaltasse por causa da grandeza dessas revelações, foi-me dado um espinho na carne, um mensageiro de Satanás, para me atormentar. Três vezes roguei ao Senhor que o tirasse de mim. Mas ele me disse: “Minha graça é suficiente a você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim.” 2 Coríntios 12:7-9 No caso de Paulo, a vontade de Deus era de não o curar. Você pode se perguntar: Como saberei se é a vontade de Deus me curar? Podemos dizer que Deus quer nos curar das nossas doenças, no entanto, algumas vezes, ele tem um propósito para o que estamos passando. Por isso, Ele não nos cura. Então só saberemos se clamarmos e pedirmos a Deus, como Paulo fez. E foi assim que Deus revelou a sua vontade a ele. Por isso, ore a Deus pela cura que você precisa e somente deixe de orar quando você tiver uma resposta ou a cura. Pode garantir a você que, na maioria das vezes, a vontade de Deus é nos curar e não somos curados porque nos falta fé ou perseverança. Ore até alguma coisa acontecer, e você verá o poder de Deus se manifestando na sua vida!

Perguntas para o Grupo Multiplicador:

1. Qual foi a razão de Jesus não realizar muitos milagres entre seus parentes? E porque a fé é importante para recebermos cura? 2. Qual atitude da mulher cananeia fez com que conseguisse a cura da sua filha? Qual a importância de perseverarmos quando queremos algo de Deus? Para assistir a mensagem no Youtube clique no link: http://ibrthe.com/Mensagem02-SerieJesus

10 visualizações

© 2020 por IBRTHE

  • Preto Ícone Instagram
  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Twitter
  • Spotify - Black Circle
  • Preto Ícone Deezer

Todos os direitos reservados.