• ibrthe

Igreja Presente na Comunhão e Adoração

Por Erivan Pedro

“Habite ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutualmente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração.” Colossenses 3:16

Nossa série continua e a cada mensagem, a cada encontro, temos a certeza dada por Deus em sua Palavra que de fato Somos Igreja Presente em tudo.

O que temos tratado aqui são marcas da nossa igreja adquiridas ao longo dos anos de caminhada cristã à medida que amadurecemos. Outros aspectos da vida em comunidade em que Deus se preocupa são a COMUNHÃO e a ADORAÇÃO. ADORAÇÃO é um dos principais temas relatados na Bíblia. Há 270 referências à ADORAÇÃO nas Escrituras. Sua importância é tão intrínseca na vida do ser humano que se olharmos ao nosso redor e vermos algumas reportagens, perceberemos que em quase todas as cidades, em quase todas as tribos existe um “deus” sendo adorado.

Lábios que agora confessam a Jesus, precisam continuamente oferecer a Deus um sacrifício de louvor. Isto é fruto!

Sinto que crescemos como igreja na adoração ao nosso Deus. Sinto que podemos sempre melhorar à medida que o conhecemos mais e mais. Percebo uma resposta a essa adoração quando Deus nos abençoa. É como se Deus estivesse satisfeito conosco. Devemos buscar mais isso, ADORAR A DEUS.

O apóstolo Paulo incentivou os cristãos a adorarem a Deus juntos, sempre lembrando-os o que Deus fez por eles. Em Efésios 1, ele diz que fomos escolhidos, abençoados, adotados como filhos e agora somos santos e fiéis.

No nosso texto base acima, O apóstolo Paulo idealizou um modelo de igreja onde o ponto focal fosse a Palavra de Cristo, que é a Palavra de Deus. Ele sabia que se essa igreja fosse formada de cristãos comprometidos com a Palavra de Deus, sua comunhão seria muito forte.

Os cristãos primitivos entendiam a importância de estarem juntos para adorar a Deus. Eles sabiam o quanto isso era precioso e poderoso. Eles faziam isso sempre no primeiro dia da semana, pois escolheram este dia para ser o seu “sábado”, ou, o dia do descanso. Mas hoje, com nosso estilo de vida a passos rápidos, parece que os finais de semana estão repletos de trabalhos e atividades, de modo que não temos tempo de descansar nem de prestar culto a Deus.

Para muita gente adorar em conjunto é a última alternativa e só o fazem quando é conveniente e não interfere em seus planos. Deus quer que nos juntemos com o restante de sua família para louvá-lo em comunidade. Quando o fazemos, ele vem ao nosso encontro. Jesus disse: “... onde se reunirem dois ou três em meu nome, ali eu estou no meio deles” (Mateus 18:20).

Apesar da pobreza, da perseguição, dos açoites, das prisões e até da morte que aqueles primeiros crentes tiveram que enfrentar, eles se distinguiram por um espírito de louvor e adoração. Eles entravam e saíam das prisões cantando. Eles se regozijavam sempre no Senhor.

O mundo é extremamente infeliz. As pessoas vivem murmurando, reclamando, infelizes, descontentes. Mas o salvo está encantado com a graça, está admirado pela beleza e majestade de Deus.

Deus nos criou para a adoração, e o louvor é o principal propósito do culto, pois o louvor está na oração, nas músicas, na pregação, no serviço de cada ministério. Não devemos chegar a Deus simplesmente para buscar as bênçãos. Deus é o centro de tudo. Devemos entrar aqui adorando. Devemos permanecer unidos para adorar a Deus.

Perguntas para refletir:

1. Como você vê a comunhão e adoração na IBR? Comente.

2. Você participa dos cultos aos domingos frequentemente?

3. Durante os cultos ou reuniões nos grupos de relacionamento, você sente que se conecta a Deus? Comente.

Fazer Download em PDF:

GUIA-005-IGREJA_PRESENTE-NA-COMUNHAO-E-A
.
Download • 220KB

19 visualizações

© 2020 por IBRTHE

  • Preto Ícone Instagram
  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Twitter
  • Spotify - Black Circle
  • Preto Ícone Deezer

Todos os direitos reservados.