• ibrthe

Criados para servir ao próximo

Por Ivonaldo Lopes

"Não será assim entre vocês. Pelo contrário, quem quiser tornar-se importante entre vocês deverá ser servo, e quem quiser ser o primeiro deverá ser escravo; como o Filho do homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos". Mateus 20:26-28

Tornar-se um verdadeiro servo de Jesus é uma tarefa desafiadora, pois tal função requer de cada um de nós uma mudança radical na forma como encaramos o serviço cristão. Carregamos conosco as velhas influências que absorvemos do mundo, influência essa que valoriza muito mais o receber do que o dar, o ser servido, no lugar do servir, o eu em primeiro e os outros depois.

Na visão do mundo servir é uma função de menor valor, que não atrai olhares, que não eleva o nome, nem melhora o currículo de ninguém. Porém quando observamos o exemplo de Jesus, o modelo ideal de servo, o parâmetro que todos nós devemos copiar, notamos as diferenças em como temos tratado essa nobre função, aliás ser um servo de Jesus é muito mais do que uma função, ser servo de Jesus tem a ver com caráter, com estilo de vida, com disposição mental.

O verdadeiro servo de Jesus tem a vida voltada para fora, para os outros e não para si mesmo, pois medem sua importância pelo que fazem pelo próximo, medem sua grandeza pelo prazer de se colocar à disposição de quem precisa. O próprio Senhor Jesus nos mostra o seu exemplo: que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens”. Filipenses 2:6,7.

No reino de Deus tornar-se um servo é a mais nobre e importante atitude que um cristão deve tomar, é a essência de nosso chamado, pois antes de sermos, pastores, líderes, ministros, mestres, músicos, somos chamados a sermos servos.

1. Os verdadeiros servos estão sempre à disposição para servir, eles nunca preenchem seu tempo com atividades que possam limitar sua disponibilidade.Nenhum soldado se deixa envolver pelos negócios da vida civil, já que deseja agradar aquele que o alistou”. 2 Timóteo 2:4. O verdadeiro servo não serve apenas quando lhe é conveniente, o verdadeiro servo faz o que é necessário mesmo quando lhe é inconveniente.

2. Os verdadeiros servos estão atentos às necessidades. Servos estão sempre interessados em saber como ajudar os outros.Portanto, enquanto temos oportunidade, façamos o bem a todos, especialmente aos da família da fé”. Gálatas 6:10. Quando Deus põe alguém em situação de necessidade bem a sua frente, Ele está lhe dando oportunidade de crescer como servo. O grande pregador John Wesley diz: “Faça todo o bem que puder, por todos os meios que puder, de todas as maneiras que puder, em todos os lugares que puder, a toda hora que puder, a todas as pessoas que puder”.

3. Os verdadeiros servos fazem o melhor que podem com o que têm à mão. O servo não dá desculpa, não deixa para a última hora nem espera por circunstâncias melhores.O agricultor que espera condições de tempo perfeitas nunca semeia; se ele fica observando cada nuvem, não colhe”. Eclesiastes 11:4. Um dos motivos que impedem muitos cristãos de servir é que eles temem não ser bons o suficiente para servir, com isso terminam diminuindo seu valor, sua importância e enterrando seus dons e talentos.

4. Os verdadeiros servos fazem qualquer tarefa com igual dedicação. Paulo escreve dizendo: “Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens”. Colossenses 3:23. Jamais chegaremos a um nível de importância, a ponto de dizer que determinada tarefa é simples demais ou humilde demais para eu realizar. Se vocês se consideram importantes demais para ajudar os outros, estão apenas enganando a si mesmos”. Gálatas 6:3. Jesus se especializou em tarefas simples e humildes que todos queriam evitar. Lavar os pés, ajudar crianças, servir os leprosos.

5. Os verdadeiros servos são fiéis ao seu ministério. Os servos, concluem as tarefas, cumprem as responsabilidades, mantêm as promessas e honram os compromissos. A maioria das pessoas não sabe o valor do compromisso, pois assumem obrigações de forma casual, e então as descartam pelas razões mais fúteis, e esse é um problema muito comum nas igrejas, ter que lidar com improvisos, porque alguém ligou de última hora dizendo que não iria comparecer.

6. Os verdadeiros servos mantêm a descrição. Servos não se promovem, e não chamam a atenção para si.Sejam todos humildes uns para com os outros, porque "Deus se opõe aos orgulhosos, mas concede graça aos humildes". 1 Pedro 5:5. Os fariseus serviam para serem vistos como espirituais, eles transformavam o auxílio às pessoas, a generosidade e até as orações em um espetáculo. "Tenham o cuidado de não praticar suas ‘obras de justiça’ diante dos outros para serem vistos por eles. Se fizerem isso, vocês não terão nenhuma recompensa do Pai celestial." Mateus 6:1. Precisamos avaliar nossa postura como servo, para saber se de fato estamos seguindo ou não o exemplo deixado por Jesus.

Perguntas para meditação:

1. Para você, servir é uma mera função, ou um estilo de vida contagiado pelo exemplo de Jesus?

2. O que você tem feito para priorizar mais o servir aos outros do que o ser servido?

3. Quando você serve, o que você espera receber em troca?


Fazer Download em PDF:

GUIA-VIDA-COM-PROPOSITO-09
.pdf
Download PDF • 227KB

71 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo