• ibrthe

A importância da meditação Bíblica

Por Ivonaldo Lopes

A nossa vida espiritual funciona como nosso corpo físico, ela necessita de ingredientes que se tornam vitais para sua sobrevivência, esses elementos básicos e fundamentais são bastante conhecidos, fazem parte da vida de todo aquele que se dispõe a seguir Jesus.

Nós as chamamos de disciplinas espirituais, ou seja, são hábitos que nos ajudam a fortalecer nossa relação com Deus, tornando-a consistente, segura e saudável. Vemos a prática dessas disciplinas na igreja de atos. “Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações”. Atos 2:42.

Os primeiros cristãos entendiam que investir em sua vida espiritual era vital e determinante em sua caminhada com Deus, e por essa razão havia uma dedicação, um esforço conjunto de todos, em torno da prática dessas disciplinas, como vemos no texto descrito. Eles se dedicavam ao ensino, ou seja, estudavam e meditavam na palavra ensinada pelos apóstolos. Eles se dedicavam à comunhão e às orações.

A decadência de nossa vida espiritual está relacionada diretamente à ausência da prática dessas disciplinas: Vida de oração, Meditação Bíblica e a Comunhão. E percebo que sua prática não está relacionada a sentimento ou vontade, como costumamos ouvir de alguns que dizem que só leem a Bíblia, e oram quando estão com vontade.

Se você deixa a sua vida espiritual a mercê de sua própria vontade, ela nunca vai deixar de ser frágil e decadente, pois a nossa vontade sempre nos direciona para o lado oposto da vontade de Deus. A prática dessa disciplinas precisa se tornar hábito em nossas vidas, não é uma questão de vontade, é uma questão de necessidade, é algo que eu necessito e que exige de mim esforço e dedicação.

Uma dessas disciplinas que fortalece nossa relação com Deus é a leitura e meditação bíblica. A bíblia tem se tornado na vida de muitos cristãos um livro esquecido, ou uma mera referência na qual eu tenho vez ou outra alguns lampejos de lembranças. E hoje em dia com a febre da internet e das redes sociais, as pessoas buscam conhecer a bíblia de uma forma terceirizada, ou seja, pelo manuseio de outras pessoas, isso ocorre através de uma reflexão, de um vídeo, de um manual etc. Essas ferramentas podem ter sua importância, mas elas não substituem nosso contato direto com a palavra de Deus, nosso momento a sós com Ele, nossa necessidade de ouvir a sua voz falar diretamente conosco.

Uma figura Bíblia importante foi Davi, ele dedica um salmo inteiro para compartilhar seu amor e dedicação a Lei do senhor. O salmo 119 é o maior capítulo da Bíblia, é um verdadeiro tributo a palavra de Deus, a importância da leitura e meditação bíblica. Davi era alguém que valorizava essa disciplina, pois era um apaixonado pela Lei do Senhor. “Como eu amo a tua lei! Medito nela o dia inteiro”. Salmos 119:97. Nesse salmo vemos alguns benefícios da prática dessa disciplina.

1°) Discernimento. Capacidade de conhecer os planos e a vontade de Deus. “Tenho mais discernimento que todos os meus mestres, pois medito nos teus testemunhos”. Salmos 119:99. O discernimento bíblico nos torna mais maduros e preparados para a vida.

2°) Vitória sobre o pecado. Capacidade de resistir às tentações. “Guardei no coração a tua palavra para não pecar contra ti”. Salmos 119:11. Não existe crente fraco contra as tentações, existe crente despreparado. A palavra de Deus é uma arma poderosa contra as investidas do Diabo. Jesus contra-ataca satanás com a palavra, portanto a melhor resposta para se defender contra a tentação é a palavra de Deus.

3°) Iluminação. Capacidade de ver o que está a sua volta. “A tua palavra é lâmpada que ilumina os meus passos e luz que clareia o meu caminho”. Salmos 119:105. Quem lê e medita na palavra de Deus, tem um caminho iluminado, e um caminho iluminado torna a nossa caminhada mais segura, será mais fácil identificar onde você está colocando os seus pés.

4°) Uma vida de obediência. Capacidade de colocar em prática o que ouve e aprende. Os teus testemunhos são maravilhosos; por isso lhes obedeço”. Salmos 119:129. Esta tem sido a minha prática: Obedecer aos teus preceitos”. Salmos 119:56 Jesus define o homem prudente como aquele que ouve a sua palavra e a pratica. Mt 7:24. A disciplina da leitura e meditação bíblica, é a base para uma vida espiritual saudável, é a parte que produz solidez em nosso relacionamento com Deus.

Perguntas para meditar:

1. Como você tem enxergado a necessidade dessas disciplinas em sua vida?

2. Qual a importância da leitura e meditação bíblica? Que diferença ela tem feito em sua caminhada com Deus?

3. Qual a diferença entre ler e meditar.


Fazer Download em PDF:

GUIA-DISCIPLINAS-ESPIRITUAIS-01
.pdf
PDF • 341KB

44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo